Caian [Foto por Patricia Almeida] (60).j

SOBRE CAIAN

Nascido em Salvador, Bahia, em 1988, Caian atualmente vive e trabalha entre a capital baiana e a cidade de São Paulo, atuando como músico, compositor, cantor, diretor e produtor musical, autor de jingles e trilhas, professor de música e brincante. Possui graduação em Música Popular pela Escola de Música da Universidade Federal da Bahia (EMUS/UFBA).


Seu trabalho autoral vem sendo desenvolvido desde 2007. Entre singles, EPs e outras produções, lançou, em 2016, o álbum “Plutão”, pelo qual foi indicado ao Prêmio Caymmi de Música na categoria Revelação, e está finalizando seu segundo disco, “Paixão e outras drogas”, gravado nos estúdios Toca do Bandido (Rio de Janeiro/RJ), Papiris (São Paulo/SP) e Toco Y Me Voy (Salvador/BA).


Possui vasto currículo como guitarrista – atualmente, integra a banda de Baco Exu do Blues, com quem tem viajado em turnê pelo Brasil desde início de 2019. É membro, desde 2012, do grupo Nossos Baianos F.C., um tributo aos Novos Baianos, capitaneado por Lahirí Galvão, filho do poeta Luiz Galvão, tendo aval da grande banda homenageada e com o qual tocou em diferentes ocasiões ao lado de Baby do Brasil.


Na produção e execução ao vivo de trilhas sonoras para teatro, destaque para “Dissidente”, da Companhia Teatro da Casa, com direção de Gordo Neto, estreada em 2012, pela qual foi indicado na Categoria Especial – Trilha Sonora do Prêmio Braskem de Teatro, e para o musical baiano “Amor Barato”, dirigido por Fábio Espírito Santo, também de 2012 e que foi remontado em São Paulo em 2018, cumprindo temporada também no Rio de Janeiro.